quinta-feira, 4 de setembro de 2008

44 razões porque eu NÃO vou na Intermed

1. Pra assistir sessão da tarde
2. Pra acordar meio-dia
3. Porque eu adoro a comida da minha mãe
4. Porque eu preciso estudar hemato
5. Porque eu não quero que meu carro seja riscado
6. Porque o truco não está entre as competições
7. Porque eu gosto de tomar banho todo dia
8. Pra ir ao cinema nos dias mais baratos
9. Pra terminar aquele jogo de videogame
10. Pra ver desenho de manhã
11. Pra viajar pra lugares melhores que Araraquara
12. Pra poder ficar vadiando o dia inteiro
13. Pra tirar o atraso com o(a) namorado(a)
14. Porque eu sou da 44 e não do caos
15. Porque eu não to a fim de levar tijolada
16. Porque eu não vejo graça em trote
17. Porque eu tenho que fazer minha IC
18. Porque eu não quero ser tema da aula de ética
19. Porque eu não gosto de violência
20. Porque prefiro conversar com pessoas sóbrias
21. Porque prefiro gente cheirosa
22. Porque esse negócio de calouro enche o saco
23. Porque não agüento mais ouvir os hinos da atlética
24. Porque não agüento mais a atlética
25. Porque a minha cama é bem melhor que um colchonete
26. Porque eu não preciso de ninguém pra proteger nossas mulheres
27. Pra não ter que ver pessoas vomitando
28. Porque não tenho nada contra alguém que esta fazendo outra faculdade
29. Porque sou sedentário mesmo
30. Porque quero continuar vivo e sem mutilações ate o fim da faculdade
31. Porque fico de mau humor se alguém me acorda gritando
32. Porque tenho espírito esportivo
33. Porque eu não quero ser molestada(o)
34. Porque não gosto de gente gritando comigo
35. Porque eu prefiro beber Kisuco da minha avó do que Vodka Balalaika ou Jurupinga falsificada só pra ficar doidão
36. Porque não quero fazer cirurgia/ortopedia, então foda-se a patética!
37. Porque eu não comi cogumelo
38. Pra ficar uma semana sem ouvir o povo se sentindo
39. Porque eu nunca renovei a carteirinha da atlética(e nem paguei a do primeiro ano ainda)
40. Porque eu prefiro viajar de Cometão do que de Terrorzão
41. Porque quando eu crescer eu não quero ser igual à Eskoria, Tropa de Elite, Delecious ou qualquer coisa do tipo.
42. Porque eu sou Med Unicamp, e não Med Campinas
43. Porque se for para passar calor fico em Campinas mesmo
44. Porque esse negócio de CAOS já encheu o SACO

Essa é uma resposta bem-humorada à camiseta da Intermed 2008 da Turma 44 de Medicina da Unicamp. A camiseta original, obviamente, continha as 44 razões para ir à Intermed, e ao pedir ajuda dos meus amigos pra escrever esse outro ponto de vista, mesmo pouca gente respondendo, sobraram motivos e eu tive até que apagar alguns pra deixar só 44. Valeu a ajuda, galera!!
E divirta-se.
Se você se sentir ofendido de alguma forma pelo conteúdo dessa página... foda-se.

Ah, e não esqueçamos alguns dos ítens obrigatórios na sua mala caso você ignores todas essas razões e resolva ir à intermed mesmo assim:

12 comentários:

Douglas Neves disse...

Hahaha, quanto ódio quanto aos jogos!
"Não socializo com idiotas." bastaria :)

Joke Teller disse...

Assino em baixo! Gastar dinehiro pra viajar, dormir no chão passar fome e ainda ter que comer sopa de tijolo? hahahhahahha ;)(PS: Meu nome de guerra é Fernando)

Anônimo disse...

Gostei. É legal ver que tem pessoas de outras faculdades que também pensam assim. Eu sou da EPM/Unifesp (turma 75). sem nenhum pouquinho de esforço daria também pra fazer 75 razões, não acha? hahahaha

Anônimo disse...

Bem é com esse pensamento pequeno no próprio umbigo que vive a classe médica!!!! cada um pensando no seu e esquecendo do lado humano!!! A Intermed apesar da sua faminha já conhecida propicia um ambiente para fazer novas amizades, para conhecer pessoas de outras faculdades, para competir esportivamente e representar a sua faculdade com muito TESÃO!!!! Mas infelizmente sempre há aqueles que se isolam, preferem ficar na saia da barra da mamãe!!!! Pois são essas mesmas pessoas que não fazem nada pela sua faculdade!!! Ficam com a bunda quadrada de tanto estudar!!!! E vãos er uma merda de profissional!!! Pois esquecem que medicina tem que ser humano tem que escutar o próximo!!! E isso se inicia no dia-a-dia!!! Relacionando-se com pessoas diferente de vc!!! Nâo estou dizendo que vc deve ser da MED CAOS!!! Aliás são uns bostas na UNICAMP!!!! MAs deve interagir com seu sexto ano ir a eventos como esse e praticar um esporte para competir não para fazer regime!!!!!

Pense nessas suas 44 razôes, pois elas ainda podem ser mudadas!!!

Angela disse...

Concordo com as suas razões e adorei a idéia! Tinha muita vontade de ir ?à Intermed nos dois primeiros anos de faculdade, mas percebi que esse papo de "conhecer pessoas novas, conhecer seu sexto ano..." era puro BLABLABLA. Conhecer pessoas bêbadas, enfurecidas, sedentas por ganhar? Prefiro continuar com meus bons e velhos amigos. Prefiro me dedicar e tirar sete dias de DESCANSO. Isso me fará um médico melhor do que alguém que usa o esporte para extravasar seu instinto violento. Pra quem gosta de "beber, cair e levantar", bom proveito! Eu sim que sou da GERAÇÃO SAÚDE! Que prefere Gatorade à Vodka, que prefere conhecer pessoas quando sóbrias e que jamais deixaria o ódio prevalecer sobre a generosidade. E, para aqueles que insistem no "papinho furado", não tentem mais me convencer... É INÚTIL!

Anônimo disse...

É triste pensar que para alguns ser um bom médico é aprender a ouvir o amigo do lado vomitando, e não se empenhar e procurar fazer o melhor pelos pacientes no hospital. Acho difícil também fazer novas amizades xingando o povo de outras faculdades e bebendo a ponto de não se lembrar o que aconteceu no dia anterior.

Anônimo disse...

Ah é, só mais uma coisa. Pelo que eu me lembro, não escolhi fazer UNICAMP pelo número de vitórias na Intermed e sim pela reputação de formar ótimos médicos e pelo seu perfil acadêmico. Não faz muito sentido os "representantes" da faculdade (se é que essa palavra é válida pois somos todos igualmente estudantes) serem aqueles que se dedicam aos esportes e dão seu "suor" nos jogos na luta por medalhas, uma vez que o que interessa é a bagagem de conhecimento que treremos conosco no final da faculdade. O senhor X, nosso futuro paciente, não liga se ganhei ou não a competição em 200X, mas se estudei o suficiente para poder lhe oferecer o melhor tratamento existente. Com isso termino.

[De]lírio [de] Íris disse...

Meu, e ainda tem gente que desce do salto mesmo, hahahahaha...

"Pra tirar o atraso com o(a) namorado(a)"... isso é realmente importante...

"Porque eu não quero ser tema da aula de ética", lol

"Porque eu prefiro beber Kisuco da minha avó do que Vodka Balalaika ou Jurupinga falsificada só pra ficar doidão", hahahahahaha

"Porque eu não comi cogumelo", o.O

drewa disse...

Ah, eu fui uma vez no Interusp e não achei lá tão ruim assim. Claro que tem esse lado, muita gente vai lá pra beber que nem ignorante, causar que nem desmiolado, brigar com o pessoal da outra faculdade apenas por ser da outra faculdade, etc e talz.

Mas tinha bastante gente também (tipo os meus amigos com quem fiquei quase o tempo todo) que tinham ido lá só pra se divertir de boa, assistir aos jogos, socializar, encontrar amigos que estudam em outras faculdades (ou da própria faculdade mas que não vê todo dia) e que também foram aos jogos.

Sei lá também, talvez eu tenha tido sorte que naquele ano foi muito sussa e não rolou briga nenhuma, coisa que sempre acontece. Além disso eu só fui uma vez por curiosidade, talvez na segunda já tivesse outra opinião.

Fobos disse...

hahaha quanta polêmica por causa de uma competição.Será que o senhor X esqueceu que acontece ao mesmo tempo o "resto do mundo todo"...a classe médica pensa tanto no próprio umbigo que considera apenas as possibilidades de ir a uma competição ou simplesmente não ir...já que não há exercício para o lado humano melhor do que se isolar em uma cidadezinha com diversos bêbados(raras exceções) que fazem o mesmo curso que você...mas eu esqueci que conhecer pessoas de outros locais, lugares diferentes, conviver com sua família, valorizar seus grandes amigos que passa muito tempo sem ver, passar que seja uma semana longe da medicina exercitando qualquer outra parte da sua vida já não pertence mais à espécie humana...é, se eu fosse humano, seria sim um médico de merda! Fernando(de novo)

Anônimo disse...

classe médica .... então agora além da A , B , C e D ... sei la quantas classes , tem tbm a médica. Então deve ter Patrão , empregado ,miserável e classe médica , né ? Eu serei médico , será que serei da classe médica .Adoro a intermed , odeio a violência , gosto de chapar , mas gosto de ficar sóbrio , adoro a idéia de ajudar os outros mas odeio a idéia de humilhar alguém . Me verão chapado na intermed , me verão sóbrio em congressos , me verão tocando caixa( surdo ou outra coisa na intermed) , me verão comprimentando o adversário depois da partida de futebol ( na interemed....
Quero ser médico , quero curtir a vida do meu jeito , não quero machucar ninguém e nem obrigar ninguém a beber ou fazer o que eu fasso . Acredito no sus ,quero lutar por ele e Queria que outras pessoas o fizessem . Ninguém sabe quem eu sou , nem de onde eu sou , mas eu sou alguém , sou eu ( incógnito e tranquilo) e sinceramente prefiro que continue assim . Ano que vem eu vejo vcs de novo , ou não caso estejamos na pré . Ano que vem vejo vcs em alguma congresso , seminário, debate ... caso eu ainda esteja vivo . Fazer algo pela faculdade , pelo nome dela , é bom . Fazer algo pelas pessoas tbm é bom ?
Vai pra frente do espelho e ve o que vc acha , veja o que vc consegue respoder pro figura que vai ficar face a face com vc . Boms dias ....

Anônimo disse...

Olhem, não sou médico e nem estudante de medicina, mas gostaria de dar um pitaco aí...
Como um potencial paciente, digo que tenho muito receio dos "Médicos" que estamos ajudando a formar neste país.
A INTERMED podeira sim ser uma grande oportunidade para estes futuros profissionais da saúde se aperfeiçoarem em algumas competências como relações humanas, como disse um de vcs aí, mas o que se vê, infelizmente, não passa nem perto disso.
Além de destruir cidades e importunar os cidadãos, não fazem outra coisa senão se entupirem de alcool e outras tantas "coisas" e arrumarem confusão, muita confusão (isso quando não conseguem matar alguém).
Concluíndo, é muito preocupante saber que é desse bando que sairá alguns dos futuros (erros)médicos desse país.