quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Turma da Mônica

Há um tempinho saiu nas bancas uma revista nova da Turma da Mônica, em estilo mangá. Não fiquei surpresa com o fato a não ser pela demora em aparecer essa versão, porque eu já imaginava comos eria a Turma em mangá há uns 6 ou 7 anos, e o mercado cresceu infinitamente dessa época pra cá.
Ouvi muitas opiniões a respeito do resultado, a maioria de pessoas que não tinham lido e algumas com muito preconceito.
É normal que não nos agrade que mexam nas coisas de que gostamos, principalmente aquelas de quando a gente era criança (a redublagem de De Volta Para o Futuro que o diga). Mas eu sempre gostei da Turma da Mônica, e gostava muito mesmo. Aprendi a ler e a desenhar graças ao Maurío de Sousa, tenho um móvel no meu quarto cheinho de gibis... Aí resolvi dar uma chance a essa nova empreitada, e comprei a revista.

Bom, acontece que é bem bacana. Quando era criança, adorava aquelas histórias em que os personagens apareciam mais velhos, ou com roupas diferentes e o mangá acaba não fugindo muito disso. A Mônica não dá mais coelhada no Cebolinha, que não fala mais elado e nem bola planos infalíveis; a Magali aderiu a uma dieta balanceada e o Cascão, ao banho. Não acho que isso estrague os personagens, mas ainda acho que o Maurício poderia ter sim se utilizado de alguns desses jargões para caracterizar melhor os personagens e criar umas boas piadas.
Mas a dinâmica é mais ou menos a mesma, e apesar dos cenários relativamente mais complexos do que os do antigo Bairro do Limoeiro e do uso (um pouco exagerado) de retículas, o estilo de desenho dos personagens são essencialmente os mesmos. Talvez pra quem não tem muita familiaridade com desenho possa parecer que o traço mudou muito, mas tente dar uma olhada nos personagens secundários, ou nos desenhos dos pais dos protagonistas e verão que os desenhos, simples e com traço grosso, são os mesmos, afinal de contas. A história é ruim em termos de mangá, mas não imagino que se tenha a pretensão de concorrer com os mangás japoneses ou coreanos. Não, me parece mais uma história daquelas mais compridas, a primeira história do gibi, só que com folga, tempo pra ser desenvolvida e aproveitar as possibilidades de piadas e situações que vão aparecendo.
Acho ainda que é um importante passo pros desenhistas daqui, afinal em termos de quadrinhos brasileiros, Maurício de Sousa é a referência, e apesar de o negócio de quadrinhos andar meio a trancos e barrancos, os gibis estão lá, na banca. É interessante ter um mangá nacional, que pode ser um precedente importante a oportunidades que venham a se descortinar para tantos desenhistas tão bons que eu vejo por aí e que dificilmente passariam das feiras de fanzine por falta de um mercado. Será que é sonhar demais?

Enfim, achei o mangá bem divertido, descomprometido e ousado, tem umas piadas muito boas e a história é bem nonsense. O estilo ainda tem muito o que crescer e eu pretendo acompanhar esse crescimento, comprando a revista todo mês (afinal, considerando os preços dos mangás convencionais e dos próprios gibizinhos fininhos da Turma da Mônica, o preço está bacana; e lá em casa, todo mundo curtiu a novidade).

Se alguém quiser dar uma conferida no Volume 0, que foi dado de brinde em eventos por aí, é só baixar no link: http://rapidshare.com/files/136891303/MJ00.zip

Ah, e um videozinho trash que não tem nada a ver com o mangá... ^_^

3 comentários:

Andre disse...

Oi Érika! Como vai? Pois é queria agradecer imenso a sua contribuição para o meu e de todos nós um pouco também, pois todos nós amamos com as palavras de sempre aquele coração que para nós é especial.. Claro que pode publicar.. Não tenho tido tempo de escrever mas assim que sair digo pra vc.. Estou ansioso lendo o livro ainda, tenho medo de acabar na realidade, pois ja o podia ter lido todo.. Gostava muito de ver aqui os seus, com certeza são muito bons, e para retribuir os elogios..

Beijo

Andre disse...

O meu ultimo ja esta la, achei que gostaria de ser a primeira a saber.. Espero que goste..

beijo

drewa disse...

Oi Érika! Valeu pelos posts lá!
Eu fui muito viciado em Turma da Mônica quando era criança, mas há anos q não leio um gibi. Nem paro na frente da banca tb, de forma q se não fosse pelo teu post é capaz q eu jamais soubesse desse lançamento.

Mas de certa forma eu fico triste com a notícia. Não sei, o legal das historinhas era ver o Cebolinha fazendo planos infalíveis, o Cascão fugindo da água, etc.. agora como serão as historinhas? Que tipo de enredo vão desenvolver? Ah, outra curiosidade que eu tive: as historinhas dos outros personagens, como o Chico Bento, o Penadinho, o Bidu, a Tina, o Jotalhão... também foram pro estilo mangá, ou por enquanto só a Mônica mesmo?

Bjos!